Dulce

Para Adoção

FÊMEA

2 anos

felv+

castrada

ADOTADO_edited.png

Dulce, como o próprio nome diz, é um doce de gatinha. Ela é extremamente carinhosa e tranquila, vive se entrelaçando em nossas pernas pedindo carinho e ama ser escovada. Nossa maior alegria seria ver ela em um lar seguro e com o amor que ela tanto merece.

Dulcinha foi resgatada Setembro de 2019 na Serra, comendo chiclete para aplacar a fome. Alguns meses após o resgate, ela passou com sucesso por uma cirurgia de risco, pois seu fígado estava no tórax e comprometendo o pulmão. Hoje ela está saudável.

Ela foi castrada e está aguardando para dar muito amor e alegria aos seus tutores. Infelizmente, por ser felv positiva, dá para contar em uma só mão a quantidade de interessados que tivemos nela. Essa situação nos deixa arrasados! Por mais que ela esteja em segurança com a gente, sendo cuidada diariamente, não é suficiente! Dê a chance a um gatinho felv, eles transmitem o mesmo amor que um gatinho negativo.

Se você tem interesse em adotar a Dulce, entre em contato com a gente!

Dulce está internada com anemia bem avançada e colangiohepatite.

ADOTADO_edited.png

ABRIL 2021
Dulce teve alta. Nossa menina está com a leucemia ativa. Não sabemos como vai ser daqui pra frente, mas faremos de tudo por ela. As taxas dos exames se mantiveram da mesma forma por dois dias seguidos, sem necessidade de nova transfusão. Dulce está ativa e comendo bem e, por isso, voltou para o lar temporário, onde continuaremos as medicações. Ela precisará tomar um remédio quimioterápico e após 7 dias realizará novos exames.

MARÇO 2021
Infelizmente não trazemos notícias boas. Estamos passando por um momento muito difícil e angustiante. Esta semana nossa Dulce teve que ser internada. Como vocês sabem ela é felv positiva, tem 3 anos e já passou por muitas situações. Uma voluntária notou que ela não estava se alimentando direito, que tinha emagrecido, e quando olhou a boquinha dela, viu que estava completamente pálida. Já levamos ela direto para a equipe da Dra Polyana, onde foram realizados hemograma, raio-x de tórax e ultrassom do abdômen. Os exames mostraram uma anemia bem avançada e colangiohepatite. O hematócrito dela deu 7, sendo que o normal é acima de 24. Por isso, Dulcinha precisou fazer uma transfusão de sangue de urgência. Após a transfusão, o hematócrito aumentou mas os reticulócitos, leucócitos, plaquetas estão baixos, indicando um quadro de leucemia. Estamos muito abalados com essa possibilidade, mas vamos fazer de tudo por nossa mascotinha.

JANEIRO 2021
Infelizmente a gengivite da Dulce não melhorou com a limpeza dos dentes e ela realmente teve que extrair. Foram deixados apenas os caninos superiores e inferiores. Graças a Deus, apesar de ser felv positiva ela é bem forte e passou pela cirurgia super bem. Já está conseguindo se alimentar bem melhor, comendo até ração seca. Em breve vai estar gordinha novamente e disponível para adoção.

OUTUBRO 2020
Dulce teve um quadro grave de gengivite, tendo que se submeter a uma limpeza, polimento, laser e aplicação de interferon. Mesmo com o procedimento a gengiva da Dulce ainda ficou inflamada e talvez ela precise extrair todos os dentinhos. Estamos acompanhando o caso. Ela voltou a se alimentar, já está mais animada e ainda estamos usando medicamentos. Vamos torcer pra nossa felvinha ficar boa logo!

MARÇO 2020
Graças a Deus a cirurgia foi feita na hora certa. O fígado da Dulce estava no tórax impedindo o pulmão de expandir o suficiente. O pulmão estava com aderência na parede e não estava expandindo mais, precisou de massagem para ele voltar a realizar a expansão. Foi uma cirurgia de alto risco, pela qual nossa Dulcinha conseguiu passar muito bem. Já realizamos um novo raio-X do tórax depois de 10 dias de cirurgia e já podemos ver que foi um absoluto sucesso! Parece que nem foi feita uma cirurgia. Obrigada a todos que mandaram energias positivas e que estão ajudando nos custos. Em breve nossa menina será castrada e estará disponível para adoção.

FEVEREIRO 2020
Lembram da Dulce? Essa doçura de gatinha, que foi encontrada desnutrida e se alimentando de chiclete na rua, passou por vários exames desde que foi resgatada para tratar seu quadro de anemia. Descobrimos nesse processo que Dulce é felv+ e começamos a notar que ela sempre estava com uma respiração ofegante sem nem ter corrido. Fizemos um raio-x de tórax e descobrimos que ela possui uma hérnia dentro do tórax que comprime seu pulmão dificultando sua respiração, fazendo com que ela esteja sempre “cansada”. A única solução para o problema é uma cirurgia bastante complexa, mas que dará qualidade de vida a ela. Dulcinha passará pela cirurgia amanhã pela manhã.

SETEMBRO 2019
Esta semana nos deparamos com uma situação para a qual não poderíamos fechar os olhos: uma gatinha extremamente magra e abatida se alimentando de chiclete no asfalto. Isso mesmo, a fome era tanta que até um chiclete velho serviu de alimento. Realizamos o resgate e, com toda sua doçura e carinho, ela logo ganhou o nome de Dulce. Nossa resgatada foi levada ao Vet Medical Center e descobrimos que a Dulce é felv positiva e está com um quadro de anemia, por isso, precisa tomar alguns medicamentos. Além disso, ela apresenta uma hérnia na barriga, nada preocupante ou prejudicial a ela, mas deverá ser reparada no momento da castração. O pior já passou, pois Dulce não convive mais com o frio e com a fome, porém ela precisa de cuidados até que esteja pronta para adoção.